Perfeição

Ler alguns poemas, às vezes, faz bem.

 

 

Soneto 15

“Quando penso que tudo o quanto cresce

Só prende a perfeição por um momento,

Que neste palco é sombra o que aparece

Velado pelo olhar do firmamento;

Que os homens, como as plantas que germinam,

Do céu têm o que os freie e o que os ajude;

Crescem pujantes e, depois, declinam,

Lembrando apenas sua plenitude.

Então a idéia dessa instável sina

Mais rica ainda te faz ao meu olhar;

Vendo o tempo, em debate com a ruína,

Teu jovem dia em noite transmutar.

Por teu amor com o tempo, então, guerreio,

E o que ele toma, a ti eu presenteio.”

William Shakespeare

 

 

A Perfeição

O que me tranqüiliza

é que tudo o que existe,

existe com uma precisão absoluta.

O que for do tamanho de uma cabeça de alfinete

não transborda nem uma fração de milímetro

além do tamanho de uma cabeça de alfinete.

Tudo o que existe é de uma grande exatidão.

Pena é que a maior parte do que existe

com essa exatidão

nos é tecnicamente invisível.

O bom é que a verdade chega a nós

como um sentido secreto das coisas.

Nós terminamos adivinhando, confusos,

a perfeição.”

Clarice Lispector

 

 

Da Perfeição da Vida

“Por que prender a vida em conceitos e normas?

O Belo e o Feio… O Bom e o Mau… Dor e Prazer…

Tudo, afinal, são formas

E não degraus do Ser!”

Mario Quintana

 

 

Algumas palavras, quando juntas, remetem verdades, universais ou pessoais. Para você, sinceramente, o que esses poemas dizem? Todos eles falam sobre a perfeição, direta ou indiretamente.

 

E o que é perfeição? Etimologicamente, a palavra vem do latim perfectus, que, por sua vez, significa completo. Sabemos, porém, que uma palavra tem muito mais efeito e significado do que sua etimologia apresenta.

 

Há inúmeras reflexões sobre a perfeição e uma das mais conhecidas e sólidas veio de Aristóteles, através da Enteléquia. Ela é a realização plena e completa, seja de uma tendência, finalidade natural ou potencialidade. Ela é o alvo final de um ser em transformação. E pode ser alcançada.

 

Aristóteles foi discípulo direto de Platão, sendo um dos maiores filósofos da história da humanidade.

 

Encontramos, também, outra reflexão que envolve a perfeição, que é bem aceito dentro da filosofia moderna, que se originou no Idealismo. Kant falou muito sobre ela, assim como Wolff e Baumgarten. Segundo eles, perfeição é a completude, uma reunião de todas as disposições sujeitas a uma unidade harmoniosa. Mas é uma noção ontológica, ou seja, é uma ideia, portanto, uma condição que não é alcançada. No entanto, mesmo sendo inalcançável, a perfeição deve ser almejada, sendo importante para a evolução do ser humano.

 

Immanuel Kant é conhecido como o principal filósofo da era moderna.

 

Atualmente, na contemporaneidade, uma era onde todos têm voz, encontramos opiniões aos montes. Cada indivíduo tem sua visão pessoal sobre a perfeição. Para alguns, ela é uma característica, sendo a pessoa perfeita aquela que não possui defeitos e nunca erra. Para outros, é algo que não existe, uma mera ilusão de nossas mentes.

 

A pluralidade inata do ser humano e a liberdade da contemporaneidade cria uma onda de visões pessoais sobre os mais diversos assuntos, incluindo a perfeição.

 

Além dos poemas, vamos ler algumas frases sobre a perfeição, para entender um pouco mais sobre a visão contemporânea dela.

 

 

“Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugna-la-íamos se a tivéssemos. O perfeito é o desumano porque o humano é imperfeito.”

Fernando Pessoa

 

 

“A perfeição não é alcançada quando já não há mais nada para adicionar, mas quando já não há mais nada que se possa retirar.”

Antoine de Saint-Exupéry

 

 

“A perfeição não consiste na quantidade, mas na qualidade. Tudo o que é muito bom foi sempre pouco e raro, enquanto a abundância é pouco apreciada.”

Baltasar Gracián y Morales

 

 

A perfeição, como todas as outras palavras, nasceu da humanidade. E, por isso, é portador de toda a pluralidade dela. Ela pode expressar pequenos sentimentos, mas também pode representar uma imensa corrente de pensamentos coletivos.

 

Algo tão complexo, tão belo, tão real/irreal.

 

Esse fato levanta muitas reflexões. O ser humano não deveria organizar as palavras? Defini-las por definitivo, para manter o progresso. Ou simplesmente deixá-las livres? Mudando eternamente, como a natureza exige.

 

Para mim, a perfeição é tudo isso. E um pouco mais, aquilo que nunca li, que alguém decidiu não expressar e que ainda não foi dito.

About the author

Nerd Esotérico

Sou minha essência, não sou o que digo que sou ou o que você diz que sou. Em minha mente egocêntrica, amo escrever, jogar videogame, ler, degustar filmes e boas comidas. Nada mais. Nada menos.

  • Bela reflexão que aguça nosso sentimento de pensar. Para mim, como sou cristão, a perfeição se resume no amor que, na teologia, o amor em sua forma pura e completa é o próprio Deus. Nesse caso, a perfeição é o próprio Deus, Criador e Mantenedor do Universo, com suas qualidade únicas que foram expressas em Jesus. Na Teologia bíblica, a perfeição é como você citou aí em cima também, é algo impossível para o homem (já que enquanto estiver vivendo sua vida aqui no plano material, nesse mundo, ele está sujeito ao pecado e diversos erros) mas, que tem que ser sim buscada. Acho que o máximo que o homem pode chegar perto da perfeição enquanto em vida é de fato amando. Amor puro, simples.