Review: ActRaiser 2 (Snes – 1993)

Fala galera! Estamos aqui com outro review retrô, o game ActRaiser 2 (o primeiro você pode conferir aqui). Confira conosco!

ActRaiser 2, lançado em 1993 também para o Snes, produzido pela Quintet e publicado pela Enix (na Europa foi publicado pela Ubisoft). Nesse segundo game, as referências cristãs são mais claras: cada inimigo principal que você enfrenta são demônios representando os sete pecados capitais e são liderados novamente por Tanzra, que voltou mais forte e  cruel para espalhar maldade.

act02-01
Nesse jogo, diferente de seu antecessor, ele não possui uma parte estratégica e no mapa que seria isso é usado exclusivamente para viajar e escolher as fases (também tinha isso no primeiro, porém era incluso a parte estratégica junto que deixava mais desafiador). O game foca somente na ação que são as missões jogadas em plataforma.

act02-02

A “nave” do Mestre. No mapa do mundo, não tem mais a parte estratégica

Outro ponto diferente é que enquanto no primeiro ActRaiser você tinha que descobrir os golpes especiais, neste segundo você já tem todos disponíveis basta ter a quantidade de MP (pergaminhos) necessária e fazer o movimento no controle. Outro ponto forte é a trilha sonora do jogo: no primeiro já era bonita mas neste segundo eles capricharam demais! Parece até orquestra em várias fases, algo inovador na época (inclusive uma das músicas mais lindas que já escutei em games está neste jogo).

act02-03
O Mestre aparece em Actraiser 2 com asas simbolizando claramente um anjo bíblico. As asas ajudam com o pulo duplo mas o movimento fica extremamente irritante para tentar lutar voando ou para aterrissar. No chão, ele está bem mais veloz com a espada e ainda tem o escudo para defender (algo que não tinha no primeiro…). O jogo vai ficando cada vez mais dificil nas fases finais e na última fase tem que enfrentar todos chefes (algo que o primeiro também lhe “presenteia…”).

act02-04
Chegamos ao final de mais um review. Espero que tenha curtido e que possamos torcer que algum dia a Square Enix tente ressuscitar o seu game do anjo (quem sabe para competir com o anjo da Nintendo, o Pit, no Switch…) seja fazendo um remake ou um reboot, ficaria interessante a temática e história adulta nos consoles atuais. Até a próxima!

About the author

NerdProfeta

Cristão, marvete, nintendista, fã do Foo Fighters e rpgista.
  • Ivo

    Eu sou outro que nunca joguei esse game =( E pior que essa semana ouvi um cast falando do primeiro que me deixou ainda com mais vontade de jogar 1 e o 2. Assim como o Ulisses, esse é um pecado gamistico que tenho que jogar >.<
    Valeu pela dica Profeta! Grande Abraço!

    • Hahaha, não perca a chance Ivo, a franquia merece ser conhecida e apreciada.Sinto uma grande tristeza por grandes games como esta série ficarem no limbo e não ter nem previsão de retorno sequer…

  • Devo confessar que nunca joguei esta maravilha. Muitos falam bem, e faz anos que vejo o game aparece em listas pessoais dos melhores jogos. Eu não sabia que a temática cristã estava tão forte assim no jogo, até pelo design fica evidente eu deveria ter notado isso.
    Uma ótima dica Profeta, agora quero mais ainda jogar e resolver este “pecado gamístico” meu.
    Abração!

    • Grande Ulisses! Cara, tem que jogar sim, já avisando que ele é aquele padrão de dificuldade clássico no qual para ver o final verdadeiro tem que jogar no Hard e talz…E ainda na última fase tem que enfrentar todos subchefes e chefes…
      Sim, ele tem umas referências ao cristianismo, acho bacana isso e embalado na linda trilha sonora fica um game lindo demais de se jogar. Minha opinião é que ficaria um grande game se fosse produzido nos dias de hoje.
      Sim, você está pecando Ulisses…rsrs!!!
      Abraços e até mais!